Eddie Fine Burgers

NOTA GERAL: 3.0/5

 www.eddieburger.com.br
Rua da Bahia, 2652 – Lourdes  Belo Horizonte – MG | Tel: (31) 3281-5804

Localização e Ambiente: 4/5

Basicamente o imóvel é velho e sem atualização, o Eddie é do exato mesmo jeito há anos. Localizado na tradicional casa amarela de esquina, entre a Rua da Bahia e a Fernandes Tourinho, o Eddie se encontra num local privilegiado, central e de fácil acesso, mas relativamente distante da concentração de bares do bairro. Já internamente, seu ambiente grita anos 50, sua decoração vintage, a música boa da época, e até o uniforme dos garçons remetem impecavelmente ao conceito defendido. Além disso, os elementos retrô dão todo um charme ao lugar, tais como o jukebox na área externa, e a máquina de garrafas de Coca-Cola da área interna. Aliás a Coca é tema de muito mais do que só a máquina. Os papéis-bandeja tem propagandas antigas da marca, além dos quadros e montagens das chamadas do refrigerante que decoram as paredes. Seu maior pecado fica por conta do acesso aos banheiros, apertado e deslocado com decoração no estilo “barracão constantemente em reforma”. Ah! O cheiro do banheiro (masculino) foi, sem dúvidas, um dos piores cheiros que já senti num restaurante.

Atendimento: 3/5

Com cara de poucos amigos, o garçom um pouco carrancudo começou a nos servir, porém depois de alguns minutos (talvez ao ver que nossa intenção era simplesmente comer e ir embora, e não delongar nossa noite com uma conversa pouco rentável para ele) um belo sorriso apareceu em seu rosto e ele se mostrou não apenas muito simpático como divertido e bem humorado. Sua agilidade com os pedidos foi estrondosa e seu cuidado com detalhes (como o ponto da carne, copo com gelo e limão dentre outras firulas pessoais) foi fator decisivo para minha satisfação. Ainda assim fomos em um horário extremamente pouco movimentado que facilita muito a vida e o julgamento de nossos anfitriões. Talvez em momentos mais complicados a qualidade do atendimento e sua capacidade de lembrar de detalhes teriam sido reduzidas ao ponto de me incomodar. O estranho foi na hora de pedirmos a conta – que nos foi entregue junto da maquininha do cartão -, para instantes depois o garçom nos dar as costas e deixar para que nós mesmos passássemos os cartões.

Gastronomia: 3/5

Milkshake Especial de Nutella: 4/5

Um dos mais famosos da lanchonete – se não O mais famoso. Não se pode esperar ir no Eddie e não pedir um milkshake, assim optamos pelo tradicionalíssimo sabor Nutella. É uma combinação simples, fácil de ser executada, e que fica muito gostosa. A verdade é que qualquer um pode fazer essa mistura em casa e ficar igualmente gostosa, pessoalmente posso dizer que já bebi melhores feitos no próprio estabalecimento. Em específico, a espécime que nos foi servida estava com pouca Nutella e uma consistência mais de suco do que de milkshake. Ainda assim, a combinação impossível de errar estava muito boa, aceitavelmente bonita e extremamente cara (R$ 19,70 em sorvete batido é muito valor agregado).

Ribs Sandwich: 3/5

Admito que já comi, e várias vezes, costelas melhores. O sanduíche era MUITO desengonçado e complicado de comer, morder ele (notem a foto no www.flickr.com/ondecomo) era uma tarefa para artistas de circo. Ainda assim, o molho barbecue do Eddie é um feliz ponto positivo. Dosando o sabor entre o picante, o defumado e o adocicado, seu resultado nada mais é que uma textura aveludada maravilhosa de cheiro delicioso e forte que, quando misturado com os demais cheiros da costela e do pão formavam um conjunto de odores apetitosos. Como aqui o molho barbecue  era muito mais presente e o pão francês diferenciado estava perfeito, o conjunto que ainda assim não tinha uma boa carne, estava muito mais apetitoso que a escolha que você lerá a seguir.

Eddie’s: 2/5

Então que venha o carro chefe do restaurante, mas antes, sem me delongar no assunto, é preciso entender que batatinha que acompanha o sanduíche é muito ordinária e não agrega valor algum ao prato. Agora sim, falando do hambúrguer: Sua carne estava apenas ok, sem muito tempero ou cuidado e de sabor facilmente ignorável, a carne do Eddie não é uma carne suculenta. Além disso, ela não tinha a melhor das aparências e estava meio disforme do formato padrão (parecendo que ela tinha quebrado acidentalmente). Já no sanduíche havia muita salada, muita mesmo, dissipando demais os sabores dos demais ingredientes e deixando o conjunto complicado até de morder. O bacon aqui em rodelas tinha gosto de uma carne defumada genérica de porco, típico de alguns fast-foods, que não agregava valor ao conjunto nem proporcionava o esperado sabor de um sanduíche com bacon. Os melhores sabores do conjunto estavam concentrados no barbecue que, apesar de ser presente em baixíssimas quantidades, ao menos temperava o conjunto com maestria; no queijo que também em baixíssima quantidade dava uma leve (quase inexistente) textura cremosa a cada mordida; e na cebola caramelizada que dava um toque adocicado. O seu pão era bom, mas apenas bom e a quantidade de cebola e as toneladas de alface deixavam tudo molhado demais, fazendo com que o sanduíche pingasse excessivamente. Para ser aquele que leva o nome da lanchonete, o Eddie não surpreendeu tão positivamente assim.

Mini Cheeseburguer (com batatas sorriso): 3/5

O tradicional pão-carne-queijo das hamburguerias, mas agora em tamanho amostra-grátis. Aqui, devido a um mix de ingredientes pouco elaborados, conseguimos aproveitar um pouco mais o sabor do queijo e da carne. Porém foi também o canal para descobrirmos que a carne realmente não estava muito bem temperada e provavelmente foi apertada contra a chapa quente tirando toda sua suculência. Resumindo, ela tinha gosto de fast-food barato. O queijo era bem gostoso e bem mal servido. O pãozinho aqui era o mais ordinário de todas as nossas opções e as batatinhas com apelo infantil enfeitavam o prato simpaticamente, apesar de serem apenas batatinhas assadas que qualquer um compra no supermercado. O sabor do conjunto, apesar de todos os poréns citados, foi o melhor da noite! É aí que vocês me perguntam “-Porque?” e eu respondo: aqui foi onde o Eddie conseguiu não errar nas quantidades, apesar da infeliz qualidade de tudo separadamente, foi o único sanduíche onde o sabor dos ingredientes não saltavam uns sobre os outros possibilitando que, a cada mordida, sentíssemos todos os sabores com distinção sem perdermos o foco do conjunto.

Custo Beneficio: 2/5

O Eddie é caro e superestimado. Sua posição de vantagem ao longo dos anos como uma das únicas hamburguerias gourmet de Belo Horizonte sem dúvidas facilitou para ele obter o nome que ele tem hoje. De fato o ambiente é muito agradável, toca música de qualidade, é confortável e bem localizado; porém isso não compensa o sanduíche blasé, e as batatinhas murchas. Os hambúrgueres são vagamente melhores do que os de fast-food devido à sua carne mais alta possibilitando um ponto mais atraente, seus ingredientes são mais selecionados e por fim o seu milk-shake é de fato um destaque. Porém se você quiser o prazer da junk-food, talvez não compense o gasto, ou até se você busca um hambúrguer feito à excelência, criar uma disposição de experimentar novas casas pode te surpreender agradavelmente.

Dicas:

Prove algum dos milk-shakes, tanto os inovadores (Nutella e Peanut butter) quanto os mais comuns são uma delícia, mas eles são caros e bem servidos, então divida com alguém. Meu conselho pessoal é que você dê preferencia à opções com pouco volume de ingredientes, já que assim fica mais difícil o restaurante errar a sinergia entre eles. Aproveite da opção de refil de refrigerante e chá gelado para beber ininterruptamente, mas não exagere antes de saborear os sanduíches, ou seu paladar já vai estar completamente afetado quando os pratos chegarem.

post and review by Eduardo Boaventura & Path Tôrres
Anúncios

2 Respostas para “Eddie Fine Burgers

  1. Eduardo, estou ansiosa pra ler sua avaliação sobre o Duke n Duke! Depois que comi lá pela primeira vez, não consigo mais pensar em sanduíche e ir para outro lugar! Você já foram?

    Beijos 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s