D’Artagnan – RW 2011, 3ª edição


Excepcionalmente nos próximos dias, entre 22 de agosto e 04 de setembro, a equipe do ONDEcomo cobrirá a Restaurant Week! Confiram então o site regularmente, teremos um diferente estilo de atualização sempre que visitarmos algum estabelecimento da week. Caso você deseje que visitemos algum restaurante específico do festival, deixe seu recado ou mande um e-mail para nós, e não se esqueça de falar qual menu (noturno ou diurno) você gostaria que fosse avaliado. Nessa edição, os valores para o menu degustação com entrada, prato principal e sobremesa são R$29,90 no almoço e R$39,90 no jantar.

NOTA GERAL: 4.0/5

Menu JANTAR

Sobre o D’artagnan:

O D’artagnan é um estabelecimento que exala simpatia. O lugar é extremamente simpático, os atendentes são simpáticos, o cardápio é simpático, e até a logo é altamente simpática. O atendimento foi muito eficaz e bastante educado, “perfeito”, como diria nosso garçom após qualquer requisição. Os atendentes sabem muito bem o que fazem, e estavam preparados para atender as demandas do restaurante e do festival sem titubear ou encontrar obstáculos. O lugar é muito bem decorado, mantendo as cores institucionais do local, e casando muito bem a defesa com a estética. Além da excepcional localização no centro do principal pólo gastronômico de Belo Horizonte.

Gastronomia:

Os pratos foram escolhidos com bastante pensar e cuidado. Com um menu, a priori, simples e de rápido preparo, o restaurante visa tornar possível (e menos doloroso) a manutenção de sua qualidade durante essas duas semanas de intenso trânsito de clientes. Ainda assim devo ressaltar que, em alguns momentos, me senti um pouco incomodado com tamanha simplicidade, faltando um pouco de criatividade para se encontrar soluções simples mas não tão banais. O intervalo de tempo entre os pratos foi muito bom, o atendimento dos garçons era rápido, e a cozinha, mesmo apoiada em opções de fácil execução, estava bem preparada para servir com tamanha agilidade. As porções eram bastante satisfatórias, ainda que à primeira vista pareçam pequenas.

Entradas:

Crostinis de cogumelo shitake: 5/5

Simples e suave. A torradinha era levemente temperada, (e acreditem quando digo “levemente”), com uma fina e quase invisível camada de manteiga e ervas, que dava um toque sensacional. Seu ponto estava maravilhoso, crocante por fora e macia por dentro, além de devidamente quentinha. Para finalizar, o cogumelo estava perfeito, com gosto de cogumelo de verdade e, ainda mais importante, com gosto de cogumelos frescos, mantendo a textura e quantidade ideal para a combinação. Apesar de toda a defesa feita em cima da (excessiva) simplicidade, a modesta combinação que nos foi servida estava agradavelmente saborosa e foi impecavelmente executada.

Tartar crocante de atum: 5/5

Ao contrário da outra entrada, e de todos os outros pratos experimentados do menu, o tartar era forte, presente, arrojado e muito bem temperado. A cebola roxa (seria conserva de cebola?) estava fatiada de forma tão minimalista que dava um toque especial ao conjunto, sem se sobressair demais tanto na textura quanto no sabor. Para arrematar tudo, um gosto de gengibre que, a medida que você vai desenvolvendo o prato, fica mais forte e mais curioso a cada garfada. Isso tudo além do crocante, sequinho e temperado, que estava realmente muito bom. Um verdadeiro prato de um menu degustação.

Pratos principais:

Tagliatelle ao ragout linguiça: 3/5

O ponto da massa estava bom, porém não estava perfeito. O tagliatelle do D”Artagnan podia ser sim um pouco mais duro, especialmente quando combinado com uma carne (linguiça) destrinchada ao ponto de se perder a sensação de morder algo. Texturas de lado, com um suave toque de pimenta e ervas, o tempero da linguiça estava presente e era uma delícia, completando os sabores muito bem. O excesso de simplicidade foi sem dúvidas um problema, mas o ponto mais triste do prato foi o queijo servido separadamente, que era uma bela (bela, bela, bela, bela) porcaria sem gosto.

Filé de frango ao molho de tangerina com batatas gratinadas: 3/5

Mais um prato pouco criativo, porém de ponto ótimo! Juntamos as finas fatias de batata (da vitória) com o molho (da alegria) para formarmos o que na verdade mais parecia visualmente uma espécie de chucrute. O molho do frango era bem forte e se sobressaia por demais do resto dos sabores, chegando até a parecer uma geléia pura e simplesmente depositada sobre a carne. Ainda assim a combinação tangerina e frango é maravilhosa e dá todo um destaque à carne (mesmo, no nosso caso, podendo eventualmente encobrí-la), impedindo que esta fosse completamente ofuscada pelas batatas.


Sobremesa:

Palha italiana de colher: 4/5

Perdoem-nos por não provarmos ambas as sobremesas. Mas essa palha italiana era tão linda nas fotos, que não houve espaço para pedirmos o manjar de côco. O brigadeiro estava num ponto bom, podendo ser um pouco mais encorpado para se ganhar uma sensação aveludada, e o chocolate utilizado era bastante suave, deixando a palha mais leve. Basicamente, era a combinação de um brigadeiro mole com biscoitos de maizena. Tudo muito bom, em grande quantidade (na foto temos uma porção individual), e bastante doce. Na quantidade que foi servida (e isso não é uma reclamação) o volume se torna ideal somente para os fãs dos doces verdadeiramente doces, mas nada que ninguém não possa comer. Um prato criativo, bem apresentado e (novamente) perfeito para um menu degustação.

Dicas:

Se você gosta de uma comida mais simples mas que seja muito bem preparada e pensada, o D’Artagnan é o seu lugar. Com uma decoração linda, um ar romântico e um atendimento maravilhoso, o restaurante é capaz de cativar até o mais exigente dos clientes. Aqui não vou expor uma melhor opção, já que dos pratos experimentados, acredito que todos sejam equivalentes aos demais participantes de suas devidas categorias (entradas, pratos principais ou sobremesas). Com exceção ao manjar de côco que não experimentamos, mas que definitivamente parecia apetitoso.

post and review by Eduardo Boaventura e Path Tôrres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s