Burgueria – Circuito Gastrô Pampulha 2011

CIRCUITO GASTRONÔMICO DA PAMPULHA 2011 – 2ª EDIÇÃO

Entre os dias 06 de setembro e 20 de novembro, a equipe do ONDEcomo cobrirá o Circuito Gastrô da Pampulha! Visitem o site regularmente para conferirem as revisões dos restaurantes participantes. Postaremos em um estilo de atualização exclusivo de circuitos e festivais sempre que visitarmos algum estabelecimento do Circuito. Caso você deseje que visitemos algum restaurante específico, deixe seu comentário ou mande um e-mail para nós no ondecomo@gmail.com!

NOTA GERAL: 2.0/5

Sobre a Burgueria:

O lugar é simpático e cumpre o que promete, remetendo a uma lanchonete anos 50, com balcão colorido, jukebox, sofás vermelhos e tudo mais que se pode imaginar. O ambiente em geral é bem vistoso, e o letreiro de neon (também bem retrô) chama a atenção numa das ruas mais lotadas de bares da região, sendo fácil de achar e de chegar. O ponto ruim fica por conta da disputa por uma vaga próxima, que pode lhe tomar algum tempo. Quanto ao atendimento, ainda que a garçonete que nos atendeu tenha sido muito simpática, não foram raras as vezes que não conseguimos chamar a atenção de nenhum dos atendentes, nos deixando com aquela sensação de idiota ao acenar repetidas vezes sem ser notado. A cozinha é um pouco lenta, mas nada que fique realmente entediante, afinal o ambiente é descolado e a música divertida.

Gastronomia:

Dentro do circuito a Burgueria permite que você, pedindo o sanduíche do festival, escolha para o acompanhante qualquer sanduíche do cardápio, pagando apenas o valor do mais caro, é claro. Uma saída muito interessante para que as pessoas possam aproveitar ao máximo do cardápio do local, conhecendo bem os pratos do restaurante. As batatas que acompanham os sanduíches do estabelecimento são boas, crocantes e bem servidas, completando muito bem cada um dos nossos pedidos.

Burgueria Pampulha: 3/5

O sanduíche foi feito especialmente para o circuito. O hambúrguer era bom e grande, o molho (que vinha separado) era bem ruim, e nos foi explicado pela garçonete que já havia sido trocado “porque seu antecessor (baseado em aliche) não teve boa aceitação do público”. A nova proposta, laranja e mostarda, pode até parecer uma boa idéia, mas bastou uma leve prova para botar toda a teoria abaixo. A laranja, que ao invés de completar o sabor da mostarda foi subjugada pela sua companheira, acabou apenas aguando o sabor agradável da mostarda transformando-a em algo que me lembrou muito o primeiro gole de um suco de caixinha quando não se mistura seu conteúdo. A carne de frango era boa e extremamente bem temperada, mas podia ter ficado um pouco mais na chapa. O tomate da salada estava verde e o queijo não sofreu qualquer preparo, sendo apenas disposto sobre a carne durante sua montagem. Ah! As tiras de bacon tinham gosto de bacon, mas enjoavam muito rápido devido à sua exagerada espessura.

Tradicional bacon (com cheddar): 2/5

Todos os sanduíches sofriam do mesmo defeito, muito pão para pouca carne, mas aqui, devido à simplicidade do prato e à pequena quantidade de ingredientes, o defeito saltava aos olhos e atrapalhava sensivelmente a degustação. Novamente o bacon veio grosso demais, e o queijo (cheddar) – que é tão saboroso e pode compor muito bem um sanduíche com sua textura cremosa – foi somente jogado sobre a carne durante a montagem. Resumindo, tudo acabou sendo um grande pão, com uma carne aceitável e um pouco dura, completado por um queijo semi frio e um bacon mal fatiado.

Burgueria egg bacon: 1/5

Também recém-titulado como a grande decepção. O que poderia ser a combinação dos céus, acabou tropeçando em erros graves. O pão era grande demais, o queijo frio demais e bacon excessivamente grosso. Erros pequenos mas que contam muito no final. Além do erro arrematador, o sanduíche pingava, freneticamente, uma mistura de gordura e água, tornando-o muito enjoativo e pouco saboroso e ainda fazendo da experiência de se alimentar dele algo um tanto quanto desagradável.

Dicas:

Sua localização, distante de outras casas do mesmo estilo, facilita o sucesso do estabelecimento podendo criar um desleixo dos donos em relação ao que é servido. Afinal, mesmo que existam hamburguerias melhores e mais baratas na cidade, nenhuma delas está na região da Burgueria. Se você optar por experimentar o estabelecimento, peça um dos milk-shakes da casa! Esse sim foi um agradável destaque (veja a foto aqui), muito mais que qualquer um dos hambúrgueres servidos.

post and review by Eduardo Boaventura e Path Tôrres 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s