Santa Fé

NOTA GERAL: 3.2/5

www.santaferestaurante.com.br
Rua Santa Rita Durão, 1000 – Funcionários – Belo Horizonte – MG | Tel: (31) 3261-6446

Localização e Ambiente: 3/5

Sabe aquele restaurante que sempre que você passa em frente tem vontade de entrar? É o padrão do Santa Fé. Um restaurante com uma fachada lindíssima, ampla área externa em vidro e um movimento constante que fazem todos imaginarem o que há de tão especial no estabelecimento. Sua localização é excelente, longe do tumulto da Savassi, mas relativamente perto de locais estratégicos da cidade. A parte interna do Santa Fé, no entanto, é um pouco diferente da impressão imponente passada pela varanda. Com elementos bem mais rústicos e até mesmo mais tropicais, o interior que lembra algo quase como um hula-hula acaba decepcionando, deixando não apenas uma quebra de ambientes gritante como também um aparente desleixo em sua finalização (afinal ainda dá para se ver as telhas que o teto de palha tentou esconder, e parte das paredes originais um pouco acabadas).

Atendimento: 4/5

A equipe é grande e muito bem treinada. Isso, obviamente, agiliza o atendimento e deixa os clientes mais bem servidos, podendo ter sempre um garçom dentro de seu campo visual. A interação é bem simpática e educada, porém ainda não é tão íntima, mantendo um padrão mais clássico e individualizado, dando a correta dose de privacidade ao cliente. Durante nossa estadia, ainda que a casa aparente estar um pouco perdida e tentando se adaptar ao novo sistema de reservas, todas as pessoas demostraram extrema capacidade e cuidado com suas funções.

Gastronomia: 3.5/5

Os pratos são variados, entre massas, carnes, e o enorme buffet de saladas. A carta de vinhos também é diversificada, dando a possibilidade de harmonia com várias das categorias do cardápio. Em nossa visita fomos conferir um desconto oferecido por algum dos sites de compras coletivas da cidade, e completamos nossa refeição com uma sobremesa. Ainda que a casa seja renomada pelo seu completo Buffet, vale relembrar que apenas comentamos sobre pedidos à la carte, portanto não há nada em nossa review que diz respeito ao elegante buffet.

Prato principal:

Baby beef com batatas recheadas de fonduta de queijo: 4/5

O gosto diferenciado de um bom baby beef saltava a boca na primeira mordida, abalando qualquer amante da carne. Excepcionalmente bem feita, porém num preparo bastante distante do “ao ponto” pedido, o bife perdia um pouco a suculência agradável esperada. Ainda assim, o conjunto era alegremente acompanhado de batatas extremamente bem montadas e devidamente recheadas de um creme erroneamente nomeado como fonduta de queijo. Ainda que bom como acompanhamento, seu recheio era tão ralo que dificultava até mesmo a identificação da existência de seu principal ingrediente, o queijo. Composto da clássica e sempre assertiva combinação entre carne e batata, o conjunto estava bom, tinha um ar imponente e um sabor de quero mais! Esse último desejo veio especialmente do ridículo volume do prato, que não era o bastante nem para uma pequena pessoa que se alimenta de água e luz.

Sobremesa:

Parfait au chocolat (com creme inglês): 3/5

Boa e simples. A sobremesa vinha simpaticamente disposta sobre uma bola de sorvete que não era listada no descritivo do prato, mas que combinava de forma aceitável com o parfait. Parfait que, lembrando uma mousse mais encorpada, com sabor presente e levemente amargo, fazia de cada mordida uma agradável experiência, deixando para as lascas de chocolate ao leite a missão de adocicar o paladar. Ainda que bem decorada e bonita de se ver, toda a sobremesa não tinha nada de extremamente criativo ou diferente, perdendo um pouco do papel da alta-gastronomia.

Custo Benefício: 2/5

O buffet de saladas vale bastante a pena para os que são realmente fãs, podendo fazer do item mais do que uma simples entrada, sua refeição completa. Porém, como já foi dito, nossos pedidos divergiram bastante do buffet. As carnes oferecidas pela casa tem valores por demais elevados para seu volume, R$44,00 por um prato que somente se dobrado ou triplicado me satisfaria é simplesmente CARO! Ainda que o Santa Fé mantenha um ticket médio por volta dos R$60 por cabeça, para um menu de um passo só é bastante possível que você saia de lá e vá completar sua refeição num fast-food próximo.

Dicas:

Creio que optamos pelos coadjuvantes ao escolher a carne. Talvez as saladas fossem de fato mais surpreendentes. O baby beef foi uma boa escolha, porém não sei se repetiríamos a dose. É possível que uma noite de petiscos e cerveja com amigos, na parte externa, seja uma mais atraente opção do que um jantar na parte interna.

post and review by Eduardo Boaventura & Path Tôrres
Anúncios

Uma resposta para “Santa Fé

  1. Estive no Santa Fé no último domingo e mais uma vez fiquei me questionando se lá vale à pena! Se comer só o bufê de salada com o preço de fim-de-semana, acho muito caro, apesar de ele ser delicioso. Se pedir um prato vale muito mais, mas minha picanha não estava excepcional e realmente não era farto. Mas a sobremesa, uau! Lá tem uma torta de maçã com caramelo divina e de linda apresentação!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s