Sorriso – Risoteria & Café

NOTA GERAL: 3.7/5

www.sorrisorisoteria.com.br
Rua Curitiba, 2307 – Lourdes – Belo Horizonte – MG | Tel: (31) 3653-2023

Localização e Ambiente: 5/5

Quando falamos em Lourdes já é de praxe dizer que a localização é ótima! O mundo gastronômico que se instala ali é sempre muito feliz, e o Sorriso não é diferente. O único problema pode ser, em alguns horários, se achar uma vaga, mas nada que um quarteirão de caminhada ou algumas voltinhas neste não resolvam. Seu ambiente é muito bonito, decorado com elementos e cores de muito bom gosto, mantendo-se sóbrio e super elegante, além de criativamente diferente, já que a casa não costuma repetir muito suas opções de copos, oferecendo para cada pedido uma surpresa diferente. Outro detalhe é o cardápio, inserido numa capa de couro que simula um casaco fechado por botões que carrega em seu bolso externo um cartão da casa, um charme a mais para o já elegante estabelecimento.

Atendimento: 4/5

Bom e muito presente. Talvez, presente até demais. É o tipo de atendimento que vemos em lojas de roupas, onde os atendentes tentam estar sempre por perto para ofertar alguma coisa ou sugerir outra. Na verdade, por vezes consideramos que havia uma super dosagem de insistência por parte dos garçons, querendo sempre trazer entradas, couverts, bebidas e qualquer outra coisa oportuna. Enfim, apesar deste detalhe, fomos muito bem atendidos, de forma muito simpática e agradável, além de extremamente bem humorada. Um atendimento que, se um pouco menos agressivo, beiraria a perfeição.

Gastronomia: 3.3/5

A especialidade do lugar, obviamente, são os risotos, em vários sabores e combinações diferentes. Além disso, existem entradas variadas, assim como sobremesas e sanduíches. Ainda que as opções sejam numerosas, a casa mantém o foco e não se perde, deixando claro que se você pretende comer alguma de suas principais refeições do dia lá você deve, e provavelmente vai, pedir um dos risotos da carta.

Entrada:

Couvert: 1/5

A meia ciabatta vinha quentinha e estava bem fatiada, mas convenhamos, pão por pão, ainda não temos um couvert. Os problemas então começam com sua única acompanhante, a pasta de gorgonzola. Ou melhor, o requeijão de tonalidade levemente esverdeada, com um suave, quase inexistente, cheiro de gorgonzola. Uma entrada brochante que nos foi praticamente empurrada durante as longas insistências do garçom. Entrada que, inclusive, me fez ponderar afinal, porque uma casa que preza pelo seu nome imporia tanto aos seus clientes aquela terrível iguaria que na verdade deveria ser cortada de uma vez por todas do cardápio? O resultado então foi, para não desperdiçarmos comida, molhar o pão no azeite e tempera-lo com o queijo ralado que estava à mesa.

Pratos principais:

Atum em crosta de gergelim com risoto de sakê: 4/5

Bom, inusitado e criativo. O risoto que mantinha uma aparência um pouco feia, parecendo estar cremoso demais, como um ensopado de arroz arbóreo, combinava formidavelmente com seus acompanhamentos. Ainda que eu tenha insistido vilmente ao garçom que eu desejava meu risoto bem al dente, o resultado foi apenas um ponto ok, quase beirando o mole, mas ainda assim um ok aceitável. O destaque mesmo fica por conta da combinação do arroz adocicado pelo sakê, misturado com os cogumelos marinados no shoyu – que poderiam estar melhor temperados para criarem uma contraposição mais palpável com o arroz -, e finalmente, do atum, selado à perfeição.

Mostarda Dijon con costeleta de cordeiro: 5/5

O risoto de mostarda estava sensacional, e ainda que seu arroz estivesse mais firme que seu antecessor, ele continuava apenas, ok. As costeletas de cordeiro estavam gostosas, porém poderiam estar melhor preparada já que seu ponto, de certa forma mal passado, atrapalhava consideravelmente sua textura e sua facilidade em desprender do osso. Detalhes do seu preparo de lado, tanto neste, como noutro risoto, o destaque fica mesmo por conta da criativa e acertada combinação de ingredientes. O gosto da mostarda bastante presente ia muito bem com a carne mais exótica e adoçada do cordeiro, ascendendo ainda mais quando dosada com o mel levado separadamente à mesa. Nessa situação de conjunto, tanto o cordeiro quanto o arroz brilhavam, e tudo se tornava um prato digníssimo de ser experimentado.

Custo Benefício: 3/5

Um preço aceitavelmente justo. Existem itens no cardápio que são bem salgados, como alguns risotos com ingredientes especiais (leiam: ambos os nossos pedidos), porém em sua maioria os pratos variam de R$25 a R$45, e são bem servidos, – pelo menos os exemplares supracitados.

Dicas:

Uma casa ideal para se visitar a dois, preferencialmente numa noite mais fria, e se deliciar com um bom vinho. Já no calor, o ambiente externo pode aparentar ser mais agradável, mas tomem cuidado, já que sua localização pode, em alguns dias, oferecer um desprivilegiado cheiro de esgoto. Portanto, antes de optarem pelo seu ambiente externo, confiram este pequeno detalhe.

post and review by Eduardo Boaventura & Path Tôrres
Anúncios

Uma resposta para “Sorriso – Risoteria & Café

  1. Considerando que o prato principal da casa é risoto, o custo benefício é bom. No entanto, também encontrei o mesmo “problema”: o ponto do arroz não veio al dente, e para piorar, meu risoto veio frio. Por isso, para o prato principal daria a nota 2/5.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s