Circuito de Cafeterias ’12 – Parte 4 de 5

 
www.circuitodecafeterias.com.br

Pela segunda vez, Belo Horizonte vai ter um momento especial para a degustação de cafés. De 24 de maio a 24 de julho, acontece o segundo Circuito de Cafeterias, reunindo novas e antigas cafeterias e apresentando produtos exclusivos. Semanalmente, iremos visitar algumas das casas participantes, para experimentar os pratos e drinks especiais e expor nossos comentários. Acompanhe-nos nos próximos dois meses e veja nossas sugestões para aproveitar ao máximo o festival de ouro negro!

São Benedito

Rua Cláudio Manoel, 339 – Funcionários | Tel: (31) 2531-3689
www.saobeneditocafe.com.br

Brownie de café com sorvete de creme e calda de café (R$8,50) : 4/5

Um brownie de chocolate sem castanhas ou nozes, porém muito, muito, mas muito gostoso! A iguaria, para nossa felicidade, veio à mesa ainda praticamente borbulhando, e foi servida com duas bolas de sorvete geladas que brincavam muito bem com as temperaturas. Sua cobertura, uma calda de café agradavelmente presente, temperava a sobremesa e recordava o porquê deste quitute estar no festival. Para completar a degustação, castanhas muito bem colocadas ao entorno dos demais componentes traziam um satisfatório crocante ao mix de texturas e ajudavam os clientes na eterna missão de se coletar uma parcela mais significativa da calda para cada colherada. O resultado então é simples, um bolinho quente e muito bem feito que, inicialmente, esbanja um gosto agradabilíssimo de café oriundo da calda e que, na medida em que é consumido, abre as portas para os extremamente bem colocados sabores de chocolate e creme, tornando o café apenas um agradável complemento.

Benvenuto

Rua Pium-í, 86 – Cruzeiro | Tel: (31) 3643-6678

Café veneto (R$7,90): 3/5

O café era basicamente um reino de sorvete de menta, pontuado com chocolate e perfumado com espresso. O conjunto então, e aqui digo graças às devidas proporções, relembra muito um certo chocolate inglês de menta, porém numa versão sutilmente mais adoçada, resultado da utilização de um chocolate ao leite, e com um ainda mais sutil toque de café. Um bom drink com ingredientes bem sinérgicos, além é claro de ser refrescante e, apesar do enorme tamanho, pouco enjoativo. Seu único porém é simples, para aqueles mais aficionados com o grão, pode existir uma certa, convenhamos, decepção, já que seu sabor é apenas um tempero, quase que somente um sutil perfume bastante ao fundo.

Kahlua

Rua Guajajaras, 416 – Centro | Tel: (31) 3222-5887

Café Magnólia (R$11,00): 2/5

Nada mais, nada menos que um espresso num copinho com um picolé dentro. A casa deixa ao encargo do cliente a decisão do sabor da iguaria mergulhada em seu café, podendo este ser então de maracujá, côco ou chocolate. Os picolés do Kahlua são da italiana Dilleto, uma marca de picolés “gourmet” com sabores, texturas e preços bastante diferenciados. Porém, talvez por culpa do fornecedor, o de maracujá, que escolhemos, era um simples picolé Kibom, que – apesar de gostoso – não conseguia fazer jus ao valor agregado de R$11,00 da bebida. Afinal, convenhamos, um picolé de R$3,00, e um espresso – que não acredito custar mais de R$5,00 -, definitivamente não somam o valor final cobrado pelo drink. Aliás, vale ressaltar que a foto publicada no guia do circuito, e que pode ser conferida aqui, era uma grande propaganda enganosa da bebida, já que nela tudo parece uma criativa mistura de sabores e cremes, algo bastante diferente do café com picolé. Sabendo dessa diferença, a casa optou por não deixar o display do circuito à mostra, evitando uma possível reclamação de seus clientes. Ah, sim, e é claro, seu sabor, este sim não era uma completa dor, podendo até ser agradável se você ignorar o valor, a propaganda enganosa e todas as demais tentativas da casa de passar a perna em sua clientela.

Café Biografias

Rua da Bahia, 1148 – Lj 08 – Centro | Tel: (31) 3567-4651
www.cafebiografias.com.br

Café de coco (R$6,50): 5/5

Muito bonito e – surpreendam-se – completamente idêntico à foto. A barra de chocolate que vem cravada no café (e que já estava parcialmente submersa ao tirarmos a foto) era feita de um chocolate meio amargo muito gostoso, derretendo com facilidade num café servido de maneira ideal, ou seja, quente, mas sem queimar a língua. Seu gosto de café era presente e agradável, não chegando a ser forte ou enjoativo, e nem  parcialmente ignorável como em quase todos os demais membros do circuito. Seu chocolate, quando derretido, adoçava simpaticamente a bebida e seu côco, apenas polvilhado sobre o drink, oferecia uma excelente textura que poderia ser ainda mais excepcional se utilizada de uma fruta ralada na hora, ao invés de sua versão industrializada e ressecada. Deixando de lado este suave deslize, que também pode ser interpretado como uma constante busca da perfeição deste que vos escreve, o café era completado com maestria por uma sutil porção de doce de leite que fechava as pontas deste minimalista, e ainda simples, café.

Fusión du Chocolat

Rua Angustura, 282 – Serra | Tel: (31) 3327-4428
www.fusionduchocolat.com.br

Brownie de Cappuccino (R$9,80): 5/5

Num tamanho ideal, vide as proporções e seus sabores muito bem compostos, a iguaria oferecida pela loja Fusión du Chocolat chega até a assombrar. O brownie é montado em 3 camadas, uma base de chocolate macia e aerada, com um toque suave de café e mínimos pedaços de noz, um recheio adocicado bastante sutil e infinitamente relevante, com um gostinho de baunilha e especiarias capaz de salivar até diabéticos e, para finalizar, um estilo de ganache bastante cremoso de chocolate muito, muito saboroso. O resultado então é óbvio, um sucesso absoluto daquele que, provavelmente – e ouso dizer isto mesmo antes de experimentar todos os cafés do circuito – será minha opção preferida do circuito. A verdade é esmagadora, cada pontinha de sabor, por mais suave que esta fosse, completava maestralmente a outra. Desde o tão bem preparado chocolate amargo à textura aveludada do bolinho, tudo, e digo mesmo tudo, ali é o mais perfeito chamado para um verdadeiro pecado capital. Ah, é claro, e para completar a alegria e mostrar que a casa não poupa esforços para agradar seus clientes, ele vem acompanhado de um café espresso (Villa Café, o mesmo do IS Gourmet e da própria cafeteria que leva seu nome) e de um copinho de água gasosa, comumente bebido antes do café para limpar as papilas gustativas e aguçar o paladar.

post and review by Eduardo Boaventura & Path Tôrres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s