Arcângelo Bar Café

NOTA GERAL: 3.8/5

Rua Antônio Justino, 438 – Pompéia – Belo Horizonte – MG | Tel: (31) 3481-0624

Localização e Ambiente: 4/5

O Arcângelo é um bar mais do que simpático, na descolada varanda do edifício Maletta. Sua localização no point mais popular do Centro da cidade torna o lugar facílimo de se encontrar, porém não tão tranquilo para se estacionar. A grande jogada é chegar muito cedo, ou muito tarde, e se arriscar pelos quarteirões da Augusto de Lima e Rua da Bahia. Seu ambiente não poderia ser mais simpático, com paredes recheadas de quadros de uma arte mais do que contemporânea e moderna, provavelmente doada ao bar de livre vontade à título de divulgação, uma vez que seu público e até seus proprietários compartilham deste viés artístico de seu público alvo. Com um ambiente escuro e uma decoração pouco simétrica, a casa é o ponto perfeito para uma happy hour que dura até altas horas ou uma simples reunião de amigos.

Atendimento: 4/5

A garçonete que nos atendeu foi mais que simpática. Sugeriu, opinou e foi o tempo todo sorridente e cordial, mesmo com o movimento assustador do local numa sexta-feira à noite. A equipe do estabelecimento é enxuta, enxuta até demais, para dizermos a verdade, mas nossa garçonete quase que de forma heroica conseguia segurar sozinha todos os pedidos incessantes dos clientes do Arcângelo. A comunicação do salão com a cozinha também se mostrou ideal, e todos os pedidos vieram corretamente e num bom passo.

Gastronomia: 3.5/5

O Arcângelo é um bar com petiscos, sanduíches, alguns pratos e muitos, mas muitos drinks.

Esfihas (porção com 10 unidades) calabresa e beringela: 4/5

Esfihas - Calabresa e Beringela

As esfihas, infelizmente, não eram feitas na casa, porém foram tão bem recomendadas pela garçonete que não conseguimos resistir. Das opções oferecidas decidimos, novamente, provar aquelas que nos foram sugeridas: berinjela e calabresa. Sem muitas delongas, e para nossa feliz surpresa, os exemplares eram simplesmente maravilhosos! Feita à partir de uma massa saborosa e muito macia, bem assada na medida permitida por um forno de microondas, os simpáticos e quentinhos triângulos eram soberbos, sem um gosto forte de farinha, e com um recheio extremamente presente. O sabor calabresa era maravilhoso, com a carne bem desfiada, quentinha e bem temperada, deixando a combinação levemente picante e muito bem equilibrada, ideal para ser molhada com algumas gotinhas de limão e acompanhada de uma bebida estupidamente gelada. Já o recheio de berinjela conseguia ser ainda mais presente que a opção carnívora, dando um toque gelatinoso e igualmente ótimo para ser apreciado em par à uma bebida alcoólica.

Iscas ao molho gorgonzola (acompanha torradas): 3/5

Iscas ao molho gorgonzola (acompanha torradas)

A porção generosa do molho de gorgonzola com iscas de filé não era muito compatível com o volume das torradinhas, que, apesar de farto, era insuficiente para acompanhar todo aquele molho. Ainda assim, sua carne era deliciosa, bem feita e bem cortada, acompanhada de um saboroso molho de gorgonzola com paladar presente porém não predominante do queijo. Um prato que vem se tornando um clássico dos bares belo horizontinos e que aqui, certamente não decepcionava nem surpreendia.

Risotto marguerita: 4/5

Risotto Marguerita

O simpático pratinho era simples e, felizmente, um risoto de verdade. O arroz, muito bem feito, muito cremoso, e com um grão no ponto ideal era devidamente temperado de tomates e manjericão. Sua quantidade, apesar de pequena, era condizente com seu preço também reduzido, e ideal para completar a refeição de uma pessoa que já tivesse degustado de uma entrada. Seu tomate era farto, bem feito e um pouco mal descascado, com um sabor adocicado e presente, muito bem completado pela clássica combinação da fruta com as pequenas folhas de manjericão. Para completar, o queijo em ótima quantidade até para mineiros deixava as garfadas puxentas e salgadinhas, formando um excelente – porém pequeno – prato principal.

Tex-man (pão de hambúrguer, hambúrguer de Picanha, queijo duplo, bacon, alface e tomate) acompanha molho barbecue: 2/5

Tex-man (pão de hambúrguer, hambúrguer de Picanha, queijo duplo, bacon, alface e tomate) acompanha molho barbecue

Um grande, enorme e colossal hambúrguer. O conjunto já deixa claro pela foto que seu pequeno pão jamais seria capaz de fazer frente ao tamanho da carne, porém seu problema não pára aí, uma vez que, em sua totalidade, nada daquilo que existia no prato era suficiente para evitar o massacre imposto pelo hambúrguer. O resultado era um amontoado enjoativo de carne, acompanhado de carne, e mais carne, com uma única e sutil tentativa de uma simpática porção de molho barbecue para, de maneira quase débil, temperar a carne com um molho de carne. Um sanduíche pra lá de enjoativo que, convenhamos, poderia ser melhor dosado.

Mariacci (pão de parmesão com carne mexicana, vinagrete e doritos): 3/5

Mariacci (pão de parmesão com carne mexicana, vinagrete de cebola com molho apimentado e doritos)

Com base num pão quebradiço, seco e com aparência de velho, o sanduíche que não faz parte do cardápio tradicional da casa era simples e inovador. Sua carne de panela era agradável, seu sabor forte e seu tempero menos apimentado do que o esperado quando intitulado “mexicano”. Ainda assim, seu gosto era agradável e muito elaborado, pouco enjoativo e de boa combinação com o pão mais insosso em questão. Seu paladar poderia florescer ainda mais se a presença do vinagrete se mostrasse verdadeira, uma vez que este não poderia sequer ser sentido no conjunto, e se seus doritos, até bem colocados, fossem frescos e extremamente crocantes.

Brigadeiro com Jack Daniel’s: 5/5

Brigadeiro com Jack Daniels

Um brigadeiro que já estava pronto, mas que soube finalizar a noite maravilhosamente. O pequeno quitute veio direto da geladeira, e seu toque geladinho deixava a textura ainda mais firme, aveludando ainda mais o chocolate e mostrando que, mesmo gelado, o brigadeiro era bem fresco. Ao primeiro toque da língua o que se sente é o gosto do brigadeiro, docinho e bem refrescante, porém bastam breves momentos para que a generosa dose de Jack Daniel’s floresça e se transforme em um “acachaçado” único. Uma sobremesa simples, boba e deliciosa, que facilmente seria acusada pelo bafômetro.

Custo Benefício: 4/5

O Arcângelo tem preços bem justos, variando entre R$10 e R$40 para as porções de entrada e entre R$15 e R$20 para os pratos principais e sanduíches – esses últimos bem satisfatórios. Seus drinks ficam na faixa dos R$13, e o ticket médio para um simpático jantar não deve passar dos R$40.

Dicas:

Vá cedo ou beeeem tarde, já que o espaço é limitado e muito concorrido. Programe-se para uma noite longa, para comer, beber e curtir uma boa música num lugar descolado e com gente muito divertida.

post and review by Eduardo Boaventura & Path Tôrres
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s