Birosca S2

NOTA GERAL: 2.9/5

Rua Silvianópolis, 483 – Santa Tereza – Belo Horizonte – MG | Tel: (31) 2551-8310

Localização e Ambiente: 4/5

A Birosca S2 é um bar/bistrô recém inaugurado no bairro Santa Tereza, onde há uma concentração significativa de estabelecimentos gastronômicos. O local está bem posicionado, próximo ao movimento, pegando de bandeja vários clientes das pizzarias e bares ao redor. Seu ambiente é, intencionalmente, avacalhado, não a ponto de ser bagunçado, mas abdicando de certo tradicional requinte e esmero dos bistrôs e abraçando a teoria de uma verdadeira birosca. Seu ambiente então é uma mistura agradável, com jogos de pratos, copos e talheres bem caseiros e, por isso, descombinados. Na verdade é um charme extra ao local, defendendo o nome e mesclando-se perfeitamente ao bairro escolhido para receber a casa.

Atendimento: 3/5

No dia que fomos visitar a Birosca, a concorrência era grande, chegamos tarde e pegamos uma significante fila na porta. Após certa demora conseguimos nos sentar na varanda, no sereno gostoso da noite de BH, sendo muito bem recepcionados pela hostess (no dia, a proprietária da casa) e pelo primeiro garçom a nos atender. Bastou no entanto um par de minutos para entender o porquê da relativa demora em se conseguir uma mesa. As várias mãos se levantavam com frequência superior à habilidade dos garçons de atende-las. O resultado então era uma equipe perdida, que frequentemente se utilizava do terrível recurso de se mostrar a palma da mão para seus clientes e, para piorar, se esquecia de retornar aos acenos uma vez negados. Para completar o desando, seus garçons frequentemente vinham à mesa perguntar se aquele pedido era de fato pertencente dali. A sensação então era de um atendimento que poderia ser inúmeras vezes melhor, mas que não conseguia manter um padrão aceitável de qualidade com tamanho movimento do estabelecimento.

Gastronomia: 2.8/5

Temos no cardápio petiscos, pratos e bebidas, dispostos numa carta bem enxuta e com opções bastante diversas e selecionadas. Para completar, a água filtrada é cortesia da casa, algo excelente – e, novamente, um belo toque caseiro – que raramente vemos no Brasil. Entre as opções temos brusquetas e petiscos, continuados por lasanhas e carnes muito bem servidas e devidamente acompanhadas. Para beber temos chás, drinks e cervejas, bons acompanhantes para as opções que encontramos.

Lombo c/ mel e mostarda e batatinhas com queijo gruyère: 3/5

Lombo com mel e mostarda e batatinhas com queijo gruyere

Servida de maneira pra lá de deselegante, como se fosse um prato de almoço de domingo feito por um homem solteiro, a porção não tinha qualquer cara de porção. Sua carne já feita há algum tempo estava por demais ressecada e se apoiava completamente em seu molho para conseguir qualquer destaque no prato. Felizmente para a casa o ponto alto do petisco era, justamente, seu molho de mel e mostarda, que com um toque sutilmente adocicado transformava cada garfada num elegante duelo de sabores adocicados e ardidos. Para finalizar, uma mínima porção de cebolas pirulito, que preparadas com maestria tropeçavam na opção da casa em prometer gruyère, mas realmente gratinar as bolinhas com um simples parmesão.

Lasanha de linguicinha defumada c/ creme de moranga e requeijão: 1/5

Lasanha de linguicinha defumada com creme de moranga e requeijão

Uma porção grande que servia bem 2 pessoas. O prato que prometia muito em seu descritivo era simples e de gosto por demais linear, com paladar resultante então de linguiça, linguiça e mais linguiça. A opção da casa em superdosar um ingrediente extremamente forte acabava não apenas massacrando qualquer outro sabor do prato, como os da adocicada moranga e do requeijão, mas também transformava cada uma de suas garfadas numa enjoativa e morosa batalha até o final do prato. Também graças à linguiça e de uma possível adição extra de sal, o paladar da lasanha atingia sem dificuldades o EXTREMAMENTE salgado, num ponto tal que ele facilmente se tornava insuportável à medida que se desenvolvia. Um prato completamente intragável, que muito me surpreendia ser recomendado sem qualquer dificuldades pelo grupo de funcionários da casa.

Carne de panela c/ polenta ao forno recheada de gorgonzola: 2/5

Carne de panela com polenta ao forno recheada de gorgonzola

A carne de panela era gostosa e bem feita, desfiava ao menor toque do garfo e tinha gosto presente de seu molho. O prato novamente era excessivamente salgado, tornando o conjunto todo enjoativo e impossível de ser degustado por apenas um pessoa, um problema simples de ser solucionado com um amigável rateio do próprio. Sua polentinha era, digamos, sem graça, economizando no suposto gorgonzola, que apenas decorava sua simpática cumbuquinha, e sendo verdadeiramente recheada por um queijo que, acredito, ser um canastra baixa cura. Um prato simples e apenas ok, que tinha como verdadeira alegria os felizes tomatinhos cereja assados por cima da polenta, dando um bom toque adocicado para amenizar o conjunto.

Tiramissú da casa: 5/5

Tiramissu da casa

Outra prato bastante diferente daquilo prometido pelo seu nome, porém dessa vez uma inovação pra lá de bem vinda!! O tiramissú da casa, que de tiramissú mantém apenas a consistência de seu creme, é feito com cookies frescos, ao invés de biscoito champagne ou savoiardi embebido em café, dando ao prato um crocante sem igual e um nível de glicose que, salvo aos brasileiros, não seria muito bem aceito pela clientela. Sua disposição era simples e de montagem ordinariamente eficaz, o creme era apenas depositado sobre os biscoitos e decorado para daí já partir para as mesas. Seu gosto era delicioso, bem doce e crocante, com texturas muito diferentes porém complementares, resultando numa maravilhosa sobremesa que, apesar de nomeada de maneira displicente, era de dar água na boca.

Custo Benefício: 2/5

Os petiscos ficam na faixa dos R$20-R$30, enquanto os pratos vão dos R$30 até os R$50 (sendo que esse último valor se refere aos pratos para 2). O ticket médio para se jantar e não apenas petiscar fica em R$50, carinho para um lugar que se veste de maneira simplória e não tem uma gastronomia em nada tão rebuscada.

Dicas:

Vá mais cedo ou bem mais tarde, tentando evitar a fila que pegamos. Se preferir fique apenas nos petiscos, saltando daí diretamente para as sobremesas, aproveitando ao máximo de um ambiente descontraído e o arzinho fresco da varanda.

post and review by Eduardo Boaventura & Path Tôrres
Anúncios

Uma resposta para “Birosca S2

  1. Adorei esse novo Bistrô! Para mim foi uma surpresa deparar com sua crítica um tanto quanto negativa. O preço é justo e a comida deliciosa. Simplesmente recomendo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s