Os melhores do BH Burger Fest 2015

Após o Week (que infelizmente nesse ano não teve NENHUM indicado), resolvemos ressuscitar nossos posts do BH Burger Fest para falar sobre as estrelas que brilharam na edição 2015 do festival. Mesmo sendo muitos lugares para apenas pouco mais que uma semana, conseguimos ir em todas as hamburguerias participantes e provar todos os hambúrgueres, adquirindo uns bons 15 kilos e a moral para elencar os melhores da edição.

Metrópole Burger Fest do Metrópole Bar & Hamburgueria

Metrópole Burger Fest: Hambúrguer de 200g de blend de picanha, molho de cebola caramelizado no vinho, couve crocante, queijo prato derretido, servido no pão australiano. 4/5

Metrópole Burger Fest

A casa, que foi uma das estreias no festival, deu o que falar. Primeiramente, o atendimento primoroso e o ambiente super agradável já nos fizeram querer visitar de novo a simpática esquina. Para completar, ambos os sanduíches servidos pela cara eram ótimos, mas um deles conseguiu um espacinho especial em nossos corações. Bonito, bem montado e muito saboroso, o burger que levava o nome da casa combinava ingredientes simples, muito bem executados e bastante harmoniosos. Seu pão australiano era fresco e macio, e seu toque adocicado era um bônus para a inteligente combinação, indo de mãos dadas com a sensacional cebola no vinho e sua boa couve crocante (simplesmente soberba). A carne era alta e, apesar de ter espaço para melhorias, ainda assim era suculenta e saborosa. O queijo prato era uma ótima ideia, com textura aveludada e sabor suave, mas ainda assim poderia ter vindo em maior quantidade. As batatinhas eram deliciosas e, como podem ver, nada estufava muito, já que o item era um burger médio, dando espaço para entradas rateadas antes do protagonista entrar em cena.

P&M Thai Burger do Dub

P&M Thai Burguer: Pão de hambúrguer caseiro, hambúrguer de porco de 200g, cogumelos, asian coleslaw (preparado de cenoura, pepino, cebola roxa, coentro, hortelã e tahine) e maionese de Sriracha. Acompanha batata rústica. 4/5

P&M Thai Burguer

O Dub é um dos deliciosos barzinhos do Maletta, um de nossos recantos favoritos na cidade. No ano passado, a casa trouxe não só o segundo melhor burger, como também o melhor custo x benefício do festival. Para continuar fazendo bonito, o Dub trouxe um burger muito bem temperado, bem dosado e super, super saboroso! Seu pão era bom, caseiro, fresco, super macio e muito, mas muito especial. Sua carne era ótima, macia e bem feita, no ponto corretíssimo e bem temperada (algo que tem sido raro por aí, já que as casas estão deixando a função do tempero para ser cumprida fora da carne). Talvez estivesse um pouco alta demais, mas ainda assim, nada de muito grave. O coleslaw (ou o prepradão de legumes cortados a juliene) era incrível, com um toque ácido e amargo lindíssimo, e uma textura extra realmente relevante. Sob a carne um amontoadinho de cogumelos definitivamente relevantes contribuíam também com sua própria textura e forneciam ainda um amadeirado sabor ao todo. O molho de alho que acompanhava era excepcional, combinando tanto com as batatinhas quanto com o próprio sanduba. Ah sim, as batatinhas rústicas, para finalizar, eram tudo de bom, macias, salgadinhas e muito bem feitas.

Cheese Picanha do Bistrô Burger

Cheese Picanha: Hambúrguer de picanha de 200g, molho barbecue, alface, requeijão de raspa e geleia de pimenta, em um pão de hambúrguer. 4/5

Cheese Picanha

O Bistrô Burguer é uma casa que visitamos no ano passado graças ao festival, e voltamos esse ano para ver como eles estavam de burger. De burger, portanto, a casa vai bem, obrigado, porém de atendimento… nem tanto. O lugar excluiu seus atendentes e transformou tudo em um fast food que não é fast. Com isso, você tem que ir até o balcão, pedir, pagar, sentar, aguardar, levantar de novo, pegar, sentar, comer, daí levantar e ir embora. Chato, não? Também achamos. Ah, e lembre-se que se você quiser alguma coisa a mais (tipo, achou que cabe mais um sanduba, outra batatinha, ou quer uma sobremesa), vai ter que voltar para a fila e repetir todo o processo. Bom, mas vamos falar de comida, né? A carne era saborosa, macia e muito bem feita, montada na medida (sem exagerar no tamanho!), enquanto o pão era gostoso, fresco e bem macio, combinando bem com o requeijão de raspa cremoso e em boa quantidade. Sua combinação com a carne era ótima, não deixando nenhum dos dois apagar o outro. O barbecue consideravelmente inexistente era complicado de ser notado, trazendo apenas um sabor interessante quando presente que, infelizmente, não combinava muito bem com a geleia. Geleia inclusive que, para nossa alegria vinha separada, (não por ela ser ruim, de forma alguma, na verdade ela era ótima, combinando muito bem com o sanduíche e melhorando cada mordida do todo), justamente porque sua parceria com o molho de churrasco já adocicado acabava fazendo chover no molhado, deixando o sanduíche enjoativo e um pouco moroso. Por fim, uma ótima opção, com batatinhas super gostosas e uma Itubaína Retrô para acompanhar! 🙂

Luther King do J’s Fine Burger

Luther King: Hambúrguer de peito de frango de 160g, tomate, bacon crocante, queijo catupiry, alface americana, molho bauru, em um pão australiano. 4/5

Luther King

O J’s é um lugar famoso, que vive cheio (portanto, não vá morrendo de fome e se prepare para esperar em pé) e tem um cardápio imenso, o que nos deixou gratos por existirem somente as 3 sugestões no festival. Os burgers são grandes e muito bonitos, mas nem tão especiais. Das três opções do festival apenas esse da foto era realmente de alegrar a boca. A carne de frango era ótima, bem feita e ideal para combinar com os molhos mais fortes. Seu pão australiano era apenas ok, meio seco e sem sabor, mas felizmente a quantidade de queijo e molho ajudavam enormemente. O molho bauru, feito a base de uma maionese extremamente temperada, já começava a levar as coisas para outro nível, com um sabor delicioso que contaminava positivamente todo o burger. Para completar e aveludar tudo, um requeijão (que chamam de catupiry) bastante bom, que lutava bem com a quantidade extra de bacon do sanduíche. Sem sombra de dúvidas, o melhor sanduíche da casa para o festival, e um dos melhores de todo o circuito, sendo o único de frango na lista de indicados. 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s