Su Casa Bistrô – RW 2018, 1ª edição

O Restaurant Week começou no dia 18 de maio, com vários restaurantes excelentes oferecendo menus de 3 passos preços super justos! Como sabem, sempre fazemos nossa cobertura super honesta e caprichada do festival, com posts mais frequentes e compactos!

Esse ano trazemos o mesmo carinho em outro formato. Ao invés de avaliar cada prato e dar uma nota a cada passo do menu, iremos avaliar o estabelecimento como um todo e dar a nossa sugestão de melhor combinação, contando nossa entrada, prato e sobremesa favoritos!

Sobre o menu de jantar do Su Casa:

O Su Casa era uma das casas que não conhecíamos e que fomos por conta do curioso menu que serviam no Week. Seu ambiente é simpático e compridinho, no estilo compacto europeu, com uma decoração simples e funcional.

O cardápio do festival era uma mistura bem interessante de culinárias e culturas, passando por tilápia, costela, abóbora e finalizando com cheesecake e espuma de doce de leite. Em todos os pratos vemos uma dominância internacional e um estilo bistrô, ao mesmo tempo que a influência brasileira se mostra bem presente em alguns temperos e ingredientes.

Para nós, o melhor menu foi:

Creme de Abóbora Trufado com Linguicinha Caramelizada em Sweet Chilli

Apesar de não ter muito gosto (ou cheiro) de trufado, o creme de abóboras era bem gostoso e estava com uma textura aveludada agradabilíssima, enquanto sua linguicinha caramelizada aparecia em felizes pontos do prato quebrando o tédio entre algumas colheradas. Para completar, uma trinca de torradinhas crocantes trazia aquela ótima combinação de texturas com sabores mais neutros.

Costela Desfiada e Selada acompanhada de Musseline de Castanhas

A costela estava em um ponto bom, desfiada e depois moldada em cilindro. A carne se desfazia ao menor toque do garfo, derretendo na boca. Seu molho era suave e o sabor era distinto e, quando acompanhados de uma bela garfada da elegante mousseline, tudo resultava em um ótimo prato.

Como o creme tinha mais gosto das castanhas do que as próprias sementes puras, trazia um complemento incrível para a carne, agregando uma textura aveludada sensacional.

Espuma de Doce de Leite

Diferente do que esperávamos, a espuma não era o protagonista da sobremesa. A composição de sorvete, creme de goiabada e espuma de doce de leite (talvez não tão espuma assim) era muito delicada, com texturas e temperaturas complementares, e sabor muito agradável. Uma sobremesa simples e eficiente, que certamente era uma ótima maneira de fecharmos o jantar com chave de ouro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: